Frente em Defesa da Soberania Nacional é lançada no RS | Apcef/MT Portal

Notícias da Fenae

08.10.2019
Frente em Defesa da Soberania Nacional é lançada no RS

 

Construir alternativas políticas conjuntas em defesa da soberania e contra os retrocessos da democracia e direitos humanos promovidos pelo governo. Foi com esse objetivo que foi lançada na última segunda-feira (07), em Porto Alegre (RS), a Frente em Defesa da Soberania Nacional no Rio Grande do Sul. O evento, realizado na sede da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul (Fetrafi/RS), foi organizado pelo Brasil de Fato/RS e pela Rede Soberania.

O lançamento teve caráter pluripartidário e reuniu diversas lideranças do campo democrático. A representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa e diretora da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), Rita Serrano, fez um alerta ao dizer que o momento é de desmantelamento e privatizações do patrimônio público.

“Falar em soberania é falar de emprego, de desenvolvimento, de melhores condições de vida e trabalho. E nesse momento, como vamos chegar nisso com esse processo de desmantelamento e de privatização do patrimônio público brasileiro. A cada momento a gente se depara com um novo desafio, um novo desmantelamento e com isso, não há como o Brasil sair da crise em que está, porque não tem investimento, não tem projeto”, afirmou Rita.

A representante dos empregados citou ainda a proposta do governo de retirada da exclusividade da Caixa Econômica Federal como operador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), como um dos exemplos de prejuízo à soberania nacional. “Isso significa a privatização dos recursos do trabalhador. Porque o Fundo de Garantia é como um seguro em caso de desemprego e aposentadoria. Ao privatizar os recursos, caso isso aconteça, haverá claramente uma diminuição dos investimentos em habitação, saneamento e mobilidade urbana”, ressaltou.

Presente no evento, a diretora de Juventude da Fenae, Rachel Weber, enfatizou a importância do encontro que une diversos eixos políticos em torno de uma única pauta. “O lançamento da Frente em Defesa da Soberania nacional reúne todos aqueles que se importam com o Brasil e com o nosso patrimônio. Foi um espaço democrático onde todos estavam com o mesmo pensamento de que precisamos de um país forte”.

Assim como Rachel, as falas que se seguiram destacaram a união de diversas frentes a fim de fortalecer uma única agenda, a da soberania social. Segundo o deputado Henrique Fontana (PT-RS), vice-presidente da Frente para o Rio Grande do Sul, o momento foi de grande relevância para reunir todos os democratas para construir esse processo. “Precisamos unir todos os democratas, todos os brasileiros que defendem um projeto de nação para resistir a este projeto de desmonte nacional”, afirmou.

Também estiveram na mesa de abertura a ex-deputada federal (PCdoB) Manuela D'Ávila, o ex-ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, o ex-senador e ex-governador do Paraná, Roberto Requião (MDB); os ex-governadores do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra (PT) e Tarso Genro (PT); o deputado federal Pompeo de Mattos (PDT/RS); representando a direção nacional do PSB, Vicente Selistre; a deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL); representando a Frente Povo Sem Medo, a jornalista Katia Marko; representando a União Nacional dos Estudantes (UNE), Gabriela Silveira e o cineasta Jorge Furtado.
 

Com informações do Brasil de Fato

 

O evento de caráter pluripartidário reuniu diversas lideranças do campo democrático
Compartilhe:
Voltar

LINKS ÚTEIS

  • APCEF/MT - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal
  • RODOVIA CUIABÁ/SANTO ANTÔNIO, KM 2 - PARQUE CUIABÁ
  • CUIABÁ – MATO GROSSO CEP: 78100-000
  • TEL: (65) 3675-2874